terça-feira, 4 de abril de 2017

Pendentes



Tenho medo dos assuntos mal resolvidos...
ou que não foram resolvidos de todo!
Tenho medo dos meus desejos, dos meus pensamentos...
Tenho medo do que fantasio e das noites que sonho contigo!
Aqueles únicos momentos que me permito estar nos teus braços...
Aqueles momentos nunca inocentes em que te posso tocar, sentir...
Em que percebo o teu sabor, percebo o teu calor, o teu desejo...
Em que percebo que assim tão perto não te consigo resistir.

Sou fraca. Cedo. A minha luxuria chama por ti, por nós!
Quero que me beijes, que me abraces...
Que me dispas, que me fodas já aqui!
Que me deixes ensopar, como tu bem sabes que fico...
Toma-me, usa-me, abusa-me.
Sou tua. Entrego-me, redimo-me do meu arrependimento...

Tenho medo da minha inocência.
Tenho medo que tudo aquilo que quero e nos afasta, não seja forte o suficiente.
Tenho medo que, no fim, o nosso maior obstáculo sejas tu. Perdoa-me.
Tenho medo.

1 comentário:

  1. Mais vale arriscar que passar uma vida a pensar no que podia ter acontecido...

    Beijocas

    http://onossoamorperfeito.blogspot.pt/

    ResponderEliminar